//for don't appear more videos in youtube

novembro, 2018

18nov16:0017:00O trem das treze (e treze)16:00 - 17:00 Rua Conde Ferreira, 2800-016 Almada

Ver Mais

Detalhes do Evento

Teatro & Teatro – Associação Cultural o Mundo do Espectáculo “O Trem Das Treze (e Treze)” ESTREIA M/14

Dois estranhos iguais com as suas malas iguais, esperando o comboio que nunca chega, confrontam-se para controlar o momento, a palavra e o espaço, com o único objetivo de alcançar o poder de um sobre o outro.

Os “Gémeos” da comédia de Plauto são colocados num ambiente desolador, frio e milimetricamente definido, uma estação de comboio, que até poderia ser um outro contexto habitado pela cobiça.

O “Trem das treze (e treze)” submerge-nos numa outra realidade, no irracional do ser e sua existência, na  ilógica sobrevalorização do tempo sem sentido, na loucura que nos envolve.

Sem subterfúgios, reflete-se a necessidade da hierarquia como instrumento de segurança e sobrevivência do indivíduo, até ao momento em que o irracional e a tragédia do confronto se convertem em absurdo, com a comicidade que isto nos traz.

Como Beckett disse: “Asseguro-vos que o nada é mais divertido do que a infelicidade. É a coisa mais cómica do mundo”

(a partir do Prólogo de Óscar Pastor)

Autor António Mauriz; Encenação Manuel João; Elenco Inês Possante e Rita Miranda; Luz e som Manuel João; Figurinos Ana Mateus; Cenografia Ana Mateus/coletivo Teatro & Teatro; Grafismo Rita Miranda; Tratamento de Imagem Ana Mateus; Apoio no trabalho de corpo Pablo Fernando; Apoios Câmara Municipal de Almada, Agrupamento de Escolas João de Barros; Agradecimento António Mauriz pela simpatia e disponibilidade

SOBRE O GRUPO

Teatro & Teatro é um dos grupos de teatro de O Mundo do Espectáculo, tendo como produções de maior relevo: “Autocarro” de Helena Teixeira, “História da Gaivota e do Gato que a Ensinou a Voar” de Luís Sepúlveda,  “Aos Homens Nada Escapa…” a partir de três textos de Mário Costa, “A Invenção do Amor” a partir do poema de Daniel Felipe, “Deitada és uma Ilha…” de vários autores, “A Boda” de Bertolt Brecht, “Onde é Que Eu Me Deixei”, monólogos de Maria J. Árias, Júlia Verdugo e Charo Solanas, “Morte e Vida Severina” de João Cabral Melo e Neto, “Deixa-me em Paz!” de Moisés Mato, “Stella – Teatro Breve” a partir de textos de Stella Manault, “Almada Negreiros” textos “Antes de Começar” e “Pierrot e Arlequim” de Almada Negreiros, “Sobre a Impossibilidade de Amar no Pretérito Imperfeito” de Dário Facal, “Universos e Frigoríficos” de Jacinto Lucas Pires, “Noite de Guerra no Museu do Prado” de Rafael Alberti ,  ”Um Carimbo para a Viagem” de Mendizábal e J. Cedena e “OFF” de Alberto Garcia Martin.

Hora

(Domingo) 16:00 - 17:00

Local

Teatro-Estúdio António Assunção

Rua Conde Ferreira, 2800-016 Almada

Organizado por

Grupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de AlmadaGrupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de Almada Grupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de Almada

Teatro-Estúdio António AssunçãoRua Conde Ferreira, 2800-016 AlmadaO espaço que albergou o Mercado Abastecedor (até 1975), a Oficina de Cultura (entre 1977 e 1988) e o Teatro Municipal (de 1988 até 2005), é, desde 13 de fevereiro de 2015, o Teatro-Estúdio António Assunção. Situado no centro histórico, num edifício requalificado pela Câmara Municipal de Almada, é a nova casa das artes performativas, reforçando a Rede Municipal de Equipamentos Culturais.

Teatro Extremo - Mythos 10

Teatro ExtremO

Subscrever a Newsletter para receber informação atualizada

Newsletter subscrita com sucesso!

X