//for don't appear more videos in youtube

abril, 2024

06abr16:00NUM ABRIL E FECHAR DE OLHOSTEATRO . TEATRO EXTREMO16:00 Teatro-Estúdio António Assunção, Almada

Detalhes do Evento

NUM ABRIL E FECHAR DE OLHOS

Teatro Extremo

TEATRO  60’ M/12

8 MAR a 14 ABR SEX 21H30 SÁB 16H DOM 11H

Preçário: €7,50 adulto e €5 criança, jovem, sénior, profissional de espetáculo, professor e grupo a partir de 3 pessoas

Um jardineiro, guardião de todas as histórias do 25 de Abril e supremo conhecedor dos seus mistérios, mágoas e aventuras, acompanha-nos numa viagem no tempo até mil novecentos e setenta e três. Iremos conhecer a incrível história de três companheiros, pequenos na idade, mas enormes em coração e pensamento. Juntos decidem levar a cabo uma valorosa luta pelo direito a terem, na aldeia de pescadores onde nasceram e de onde nunca saíram, um parque de engenhocas para brincar, igual aos que, ouviram dizer, existem nas cidades grandes. Nesta jornada os três amigos vão conhecer vários habitantes da aldeia, e confrontar-se com realidades, que apesar de lhes serem próximas, não conheciam. Vão fazer perguntas, ouvir respostas e compreender porque é que as nuvens do medo, da raiva e do silêncio cobriam há tanto tempo aquela terra. Esta é uma história sobre a coragem e a nobreza de espírito de quem lutou por um sonho justo, fosse ele um parque de engenhocas para brincar, ou a própria Liberdade. Um espetáculo deslumbrante para toda a família, repleto de música de intervenção que todos os pais e avós conhecem.

Autoria e Encenação: Mafalda Santos; Direção Musical: Artur Guimarães; Interpretação: Ana Freitas, Ana Lúcia Palminha, Bibi Gomes, Fernando Jorge Lopes e Pedro Luzindro; Cenografia: Marta Fernandes da Silva; Apoio à Cenografia: Maria Almeida; Construção Cénica: Ricardo Trindade; Figurinos: Alex de Brito; Desenho de Luz: Daniel Verdades; Sonoplastia: Sandro Esperança; Direção Técnica: Celestino Verdades; Técnicos de Palco: Daniel Verdades, Sandro Esperança; Direção de Produção: Sofia Oliveira; Produção: Josefina Correia e Paula Almeida; Comunicação e Assessoria de Imprensa: Nádia Santos; Promoção: Victor Pinto Ângelo; Imagem: Marisa Silva; Design Gráfico: P2F Atelier; Fotografia: José Frade; Videógrafo: Leonardo Oliveira; Músicas: “Menino do Bairro Negro”, José Afonso; “ Índios da Meia Praia”, José Afonso; “Pode alguém ser quem não é”, Sérgio Godinho; “O Charlatão”, Sérgio Godinho e José Mário Branco; “Travessia do Deserto”, Fausto Bordalo Dias; “Vampiros”, José Afonso; “O galo é dono dos ovos”, Sérgio Godinho; “Hondo Moçambique”, popular; “Canto dos torna-viagem”, José Mário Branco; “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades”, José Mário Branco

Ver Mais

Hora

(Sábado) 16:00

Local

Teatro-Estúdio António Assunção, Almada

Teatro-Estúdio António Assunção, Almada

Teatro Extremo - Mythos 10

Teatro ExtremO

Subscrever a Newsletter para receber informação atualizada

Newsletter subscrita com sucesso!

X