novembro, 2018

16nov22:1523:20Migrações - Título provisório22:15 - 23:20 Rua Conde Ferreira, 2800-016 Almada

Ver Mais

Detalhes do Evento

ARTES E ENGENHOS “Migrações – Título Provisório” M/16

O ano passado na 21ª MTA apresentámos um 1º esboço deste trabalho em processo. Essa primeira abertura pública serviu para reunir materiais e montar a segunda parte do espectáculo, que estreámos e apresentámos no TEAA, em Fevereiro, e circulámos nos estados de Teresina e do Maranhão, Brasil, integrado no FestLuso 2018, Festival de Teatro Lusófono, em Agosto.

Migrações é o plural da palavra migração que designa uma movimentação geográfica, mais precisamente um deslocamento de um lugar de origem para um lugar de destino. Mudar de sítio, realojar, pode convocar novos modos de habitar e de pensar que atenuem a sensação de estrangeiro – de se estranhar uma nova realidade e de se ser estranho. Propomos: migrações no espaço, no tempo e na mente, sendo as mais acentuadas verificadas no plano da mente e da oralidade; um trajecto à volta de uma estrutura organizada por dois textos – texto A e B, um narrando na primeira pessoa a vinda de Moçambique para Portugal, outro espelhando o esforço da mente, num processo de alucinação, em conseguir erguer um sentido para o fluxo de palavras e de frases num ritmo fora da área conversacional. O trabalho das palavras.

Ao aliar o texto A ao texto B confronta-se: de um lado a Realidade, do outro o Real, sem mediação. Convoca-se quem assiste a trabalhar na fábrica de Construção de Sentidos, a manifestar uma derradeira obra do espírito criador, a fazer uma reflexão sobre a relação do Teatro com o próprio espectador – uma apaixonada e dramática meditação sobre a vida e a morte.

Autor Artes e Engenhos, Sandra Hung; Texto, Dramaturgia e Interpretação Sandra Hung; Encenação, Dramaturgia e Selecção Musical Rogério de Carvalho; Interpretação Paula Reis; Apoio Vocal Luís Madureira; Direcção Técnica, Luz, Sonoplastia e Produção Executiva João Chicó/Contrapeso; Projecção João Chicó a partir de vídeo de João Seiça; Registo Videográfico Paulo Hung; Vídeo Promocional João Seiça; Design de Comunicação Miguel Pacheco Gomes; Produção Artes e Engenhos; Apoios e Parcerias Câmara Municipal de Almada, DGArtes – Apoio à Internacionalização, DCSA, FCT, Universidade Nova de Lisboa, Teatro Extremo, Teatro-Estúdio António Assunção, FestLuso (Teresina, Brasil), Latoaria, Contrapeso,Ldª, Fosso de Orquestra

SOBRE O GRUPO

Artes e Engenhos é uma associação que promove trabalhos de artes performativas, som e fotografia, com sede na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Conta com um núcleo de criadores teatrais e com colaboradores nas áreas das artes visuais, design, engenharia e arquitectura. A par dos projectos de criação e difusão, desenvolve conferências, cursos e acções com comunidades. Os parceiros das suas actividades têm sido, entre outros, a Fundação Calouste Gulbenkian, o Goethe-Institut de Lisboa, o Atelier RE.AL, a Companhia Olga Roriz, o Teatro O Bando, a Latoaria, o Teatro Garcia de Resende, a Moagem, as Oficinas do Convento, o Projecto Ruínas, a Câmara Municipal de Almada.

Hora

(Sexta) 22:15 - 23:20

Local

Teatro-Estúdio António Assunção

Rua Conde Ferreira, 2800-016 Almada

Organizado por

Grupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de AlmadaGrupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de Almada Grupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de Almada

Teatro Extremo - Mythos 10

Teatro ExtremO

Subscrever a Newsletter para receber informação atualizada

Newsletter subscrita com sucesso!

X