//for don't appear more videos in youtube

novembro, 2018

14nov21:3022:30Horácio21:30 - 22:30 Rua Conde Ferreira, 2800-016 Almada

Ver Mais

Detalhes do Evento

NOVO NÚCLEO TEATRO, FCT “Horácio” ESTREIA M/12

Trabalho em processo centrado no texto “Horácio” de Heiner Müller, com excertos de “Os horácios e Os Curiácios” de Bertolt Brecht e “Horácio” de Pierre Corneille. É entre a confecção de uma pizza, um jogo de mesa e um jogo no palco, que nos propomos a visitar três géneros teatrais e a retomar questões de ontem reformuladas à luz do nosso quotidiano. Tendo como foco a palavra e insistindo no movimento de voltar atrás, de repetir, de colar, de reescrever, de ampliar, de argumentar gostaríamos de tornar o verbo vivo e encarnado, fazendo dialogar os fantasmas dos nossos fantasmas.

Abertura de Processo: FATAL 2018, Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa, Prémio Fatal Cidade de Lisboa – Espectáculo mais Inovador, Maio 2018.

Texto Centrado no mito de Horácio e a partir dos textos: “O Horácio”, Heiner Müller, “Os horácios e os curiácios”, Bertolt Brecht, “Horácio”, Pierre Corneille; Encenação e dramaturgia Sandra Hung; Tradução (Heiner Müller) Anabela Mendes; Elenco Raquel Martins, Andreia Custódio, Henrique Ribeiro, Beatriz Nunes, Diogo Machado, Mauro Soares e Carolina Thadeu; Desenho de Luz e Direcção Técnica João Chicó; Música e efeitos sonoros NuMac – Núcleo de Música Arte e Cultura Fct-Nova Coreografia Sandra Hung e NuDança – Núcleo de Dança FCT UNL; Vídeo João Seiça; Fotografia NuFoto (Núcleo de Fotografia FCT UNL) e Beatriz Pratas; Produção NNT; Parceria Artes e Engenhos – Associação Cultural; Agradecimentos Anabela Mendes, João Hungria Alves 

SOBRE O GRUPO

NNT, Novo Núcleo Teatro da AEFCT, formado em Março 1995, tem no currículo várias produções teatrais, acções de formação, oficinas de escrita, movimento, voz, dramaturgia e encenação. Tem participado, regularmente, em Mostras e Festivais de Teatro Nacionais e Internacionais, entre outros: Mostra de Teatro de Almada, FATAL (Lisboa), FITUB (Blumenau, Brasil), Mostra Internacional de Teatro de Santo André, MoitaMostra (Viseu),Festival “Entrez dans l’arène” (Rennes, França), SALTA (Aveiro), aCTUS (Coimbra), TUBI (Covilhã), Festival de Teatro de Santiago de Compostela (S. De Compostela, Espanha). Recebeu várias menções honrosas e prémios, dos prémios destaca-se: “Tartarugas e Migração”, Texto e Encenação Sandra Hung, Prémio Destaque, Mostra Paschoal Carlos Magno, FITUB, Brasil; “Húmus – Tríptico”, Encenação Alexandre P. Calado, Sandra Hung e Tiago Vieira, Prémio FATAL 2014 – Melhor espectáculo; “Horácio”, Encenação e Dramaturgia Sandra Hung, Prémio FATAL 2018 – Espectáculo mais inovador.

Hora

(Quarta) 21:30 - 22:30

Local

Teatro-Estúdio António Assunção

Rua Conde Ferreira, 2800-016 Almada

Organizado por

Grupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de AlmadaGrupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de Almada Grupos Teatro de Almada e Câmara Municipal de Almada

Teatro-Estúdio António AssunçãoRua Conde Ferreira, 2800-016 AlmadaO espaço que albergou o Mercado Abastecedor (até 1975), a Oficina de Cultura (entre 1977 e 1988) e o Teatro Municipal (de 1988 até 2005), é, desde 13 de fevereiro de 2015, o Teatro-Estúdio António Assunção. Situado no centro histórico, num edifício requalificado pela Câmara Municipal de Almada, é a nova casa das artes performativas, reforçando a Rede Municipal de Equipamentos Culturais.

Teatro Extremo - Mythos 10

Teatro ExtremO

Subscrever a Newsletter para receber informação atualizada

Newsletter subscrita com sucesso!

X